Entrevista ao Jornal Região Sul



De Lagos para França

Curta-metragem algarvia em festival francês
Uma homenagem a Alfred Hitchcock realizada por dois lacobrigenses vai ser exibida no Festival Electrochoc, em Rhône-Alpes, França, neste mês de Abril. Trata-se de uma curta metragem de sete minutos rodada em Lagos no final de 2007. Com realização de Hernâni Duarte Maria e fotografia de Pedro Noel Luz, o filme – gravado em mini DV – já tinha sido seleccionado para o Festival Internacional de Vídeo do Algarve e para o Festival Internacional de Cinema de Arouca. «Psycho» é o nome daquela que o realizador chama de “singela” homenagem a Hitchcock, e que vai agora rodar fora de portas. O festival acontece entre 31 de Março e 5 de Abril, e conta também com a vertente de música de dança. Baseado no livro com o mesmo nome «Psycho», de Robert Bloch, é uma produção de baixo orçamento, a preto e branco. Com um laivo de comédia à mistura, recria uma célebre cena de thrillers, especialmente em Hitchcock, quando alguém é assassinado à facada no chuveiro. “É uma ideia que me perseguia há muito tempo, a de fazer uma simples homenagem a este realizador de culto”, refere Hernâni Duarte Maria no blog da Paradoxon Produções. A selecção do filme para o festival francês, diz o responsável, “é o culminar de muito trabalho e esforço com muitas dificuldades, de todo o empenho em fazer cinema, nomeadamente numa região onde tem pouca ou nula expressão”. A fazer curtas metragens desde 1997, a dupla realizou já 20 filmes entre ficção, documentário experimental e animação. Uma longa metragem é um projecto que vai ter de esperar, porque se tratam de produções independentes, sem subsídios ou apoios. “Sai tudo do nosso bolso. Os actores com quem trabalhamos são amadores. Alguns nunca participaram sequer em peças de teatro. Uma longa metragem é um objectivo, mas ainda longíncuo”, salienta o realizador em declarações ao Região Sul. Esta vai ser a 3ª edição do Festival Electrochoc, que exibirá dezenas de filmes de vários cantos do mundo. De Portugal serão sete, que seguem para França através da associação Vídeolab de Coimbra, que foi convidada pela organização do festival a sugerir os filmes portugueses. Além de Hernâni Duarte Maria e Pedro Noel Luz participaram em «Psycho», Ricardo Costa como actor; Joana Oliveira na caracterização e guarda roupa; e Paulo Murta na montagem e efeitos sonoros, com apoio IPJ de Faro. João Vargues
João Vargues10:57 quinta-feira, 03 abril 2008

Entrevista feita pelo jornalista e chefe de redação joão vargues do jornal região sul.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

O Discurso cartaz oficial

O Discurso rodagem em São Brás de Alportel

Tesouras e Navalhas Premiado no Brasil